sábado, janeiro 31, 2015

Julia Quinn e os Bridgertons

Estou aproveitando as férias de Janeiro para colocar a leitura em dia, infelizmente, a minha meta pessoal e não a do skoob, que são quase duzentos livros (50 livros em 12 meses) não foi atingida. Então antes de começarmos 2015, eu já sabia que Janeiro seria recheado de livros, até agora já foram 6, e não vou me cobrar muito. É claro, que eu gostaria de já ter lido uns 12, mas estou tentando não ser tão rígida logo no começo do ano. #VivaLight

Para a minha alegria, surgiu em mim uma louca vontade de ler romances históricos e é aqui que a Julia entra. A série da família Bridgerton já estava na minha lista do skoob há um certo tempo por isso resolvi adentrar e me apresentar a família.




A família é composta por oito filhos, além de Violet, mãe e matriarca. Todos são muito unidos e Anthony, o mais velho dos filhos, tomou para si  a responsabilidade de gerir os negócios da família que seria obrigação dele de qualquer maneira por ser o primogênito e herdeiro do título de visconde e de ser a figura paterna para os irmãos menores. Mais uma peculiaridade sobre essa linda família é que cada filho foi batizado em ordem alfabética. Pois é, Edmund  e Violet foram bem criativos com a sua prole.

Cada Bridgerton tem seu próprio livros:

1. O Duque e Eu (Daphne & Simon Basset, Duque de Hastings)
2. O Visconde Que Me Amava (Katharine Sheffield & Anthony)
3. Um Perfeito Cavalheiro (Sophia Beckett & Benedict)
4. Os Segredos de Colin Bridgerton (Penelope Featherington & Colin)
5. Para Sir Phillip, Com Amor (Eloise & Phillip Crane)
6. O Conde Enfeitiçado (Francesca & Michael Stirling)
7. Um Beijo Inesquecível (Hyacinth & Gareth St. Clair)
8. A Caminho do Altar (Lucinda "Lucy" Abernathy & Gregory)
9. The Bridgertons, Happily Ever After (livro PLUS com pequenos segundos epílogos de todos os anteriores + uma novela original contando a história de Violet, matriarca da família, onde finalmente conheceremos Edmund Bridgerton)


Atualmente a Arqueiro está lançando a série (com capas perfeitas, felizmente e obrigada), mas os livros já tinham sido lançados anteriormente há muitos anos atrás.



Publicados pela Arqueiro

Árvore genealógica

Julia Quinn arrasa na elaboração dos personagens, apesar de todos serem irmãos cada um possui uma personalidade impar e as histórias são completamente diferentes, então, não precisam se preocupar ou desanimar. “Julia Quinn é nossa Jane Austen contemporânea.” – Jill Barnett

Se você gosta de romances esta série é um must read! 



Sinopses

O Duque e eu

Simon Basset, o irresistível duque de Hastings, acaba de retornar a Londres depois de seis anos viajando pelo mundo. Rico, bonito e solteiro, ele é um prato cheio para as mães da alta sociedade, que só pensam em arrumar um bom partido para suas filhas. Simon, porém, tem o firme propósito de nunca se casar. Assim, para se livrar das garras dessas mulheres, precisa de um plano infalível. É quando entra em cena Daphne Bridgerton, a irmã mais nova de seu melhor amigo. Apesar de espirituosa e dona de uma personalidade marcante, todos os homens que se interessam por ela são velhos demais, pouco inteligentes ou destituídos de qualquer tipo de charme. E os que têm potencial para ser bons maridos só a veem como uma boa amiga. A ideia de Simon é fingir que a corteja. Dessa forma, de uma tacada só, ele conseguirá afastar as jovens obcecadas por um marido e atrairá vários pretendentes para Daphne. Afinal, se um duque está interessado nela, a jovem deve ter mais atrativos do que aparenta. Mas, à medida que a farsa dos dois se desenrola, o sorriso malicioso e os olhos cheios de desejo de Simon tornam cada vez mais difícil para Daphne lembrar que tudo não passa de fingimento. Agora ela precisa fazer o impossível para não se apaixonar por esse conquistador inveterado que tem aversão a tudo o que ela mais quer na vida. Primeiro dos oito livros da série Os Bridgertons, O duque e eu é uma bela história sobre o poder do amor, contada com o senso de humor afiado e a sensibilidade que são marcas registradas de Julia Quinn, autora com 8 milhões de exemplares vendidos



O Visconde que me amava

A temporada de bailes e festas de 1814 acaba de começar em Londres. Como de costume, as mães ambiciosas já estão ávidas por encontrar um marido adequado para suas filhas. Ao que tudo indica, o solteiro mais cobiçado do ano será Anthony Bridgerton, um visconde charmoso, elegante e muito rico que, contrariando as probabilidades, resolve dar um basta na rotina de libertino e arranjar uma noiva. Logo ele decide que Edwina Sheffield, a debutante mais linda da estação, é a candidata ideal. Mas, para levá-la ao altar, primeiro terá que convencer Kate, a irmã mais velha da jovem, de que merece se casar com ela. Não será uma tarefa fácil, porque Kate não acredita que ex-libertinos possam se transformar em bons maridos e não deixará Edwina cair nas garras dele. Enquanto faz de tudo para afastá-lo da irmã, Kate descobre que o visconde devasso é também um homem honesto e gentil. Ao mesmo tempo, Anthony começa a sonhar com ela, apesar de achá-la a criatura mais intrometida e irritante que já pisou nos salões de Londres. Aos poucos, os dois percebem que essa centelha de desejo pode ser mais do que uma simples atração. 



Um perfeito cavalheiro

Sophie sempre quis ir a um evento da sociedade londrina. Mas esse parece um sonho impossível. Apesar de ser filha de um conde, ela é fruto de uma relação ilegítima e foi relegada ao papel de criada pela madrasta assim que o pai morreu. Uma noite, porém, ela consegue entrar às escondidas no aguardado baile de máscaras de Lady Bridgerton. Lá, conhece o charmoso Benedict, filho da anfitriã, e se sente parte da realeza. No mesmo instante, uma faísca se acende entre eles. Infelizmente, o encantamento tem hora para acabar. À meia-noite, Sophie tem que sair correndo da festa e não revela sua identidade a Benedict. No dia seguinte, enquanto ele procura sua dama misteriosa por toda a cidade, Sophie é expulsa de casa pela madrasta e precisa deixar Londres. O destino faz com que os dois só se reencontrem três anos depois. Benedict a salva das garras de um bêbado violento, mas, para decepção de Sophie, não a reconhece nos trajes de criada. No entanto, logo se apaixona por ela de novo. Como é inaceitável que um homem de sua posição se case com uma serviçal, ele lhe propõe que seja sua amante, o que para Sophie é inconcebível. Agora os dois precisarão lutar contra o que sentem um pelo outro ou reconsiderar as próprias crenças para terem a chance de viver um amor de conto de fadas. Nesta deliciosa releitura de Cinderela, Julia Quinn comprova mais uma vez seu talento como escritora romântica. 



Os segredos de Colin Bridgerton

Há muitos anos Penelope Featherington frequenta a casa dos Bridgertons. E há muitos anos alimenta uma paixão secreta por Colin, irmão de sua melhor amiga e um dos solteiros mais encantadores e arredios de Londres. Quando ele retorna de uma de suas longas viagens ao exterior, Penelope descobre seu maior segredo por acaso e chega à conclusão de que tudo o que pensava sobre seu objeto de desejo talvez não seja verdade. Ele, por sua vez, também tem uma surpresa: Penelope se transformou, de uma jovem sem graça ignorada por toda a alta sociedade, numa mulher dona de um senso de humor afiado e de uma beleza incomum. Ao deparar com tamanha mudança, Colin, que sempre a enxergara apenas como uma divertida companhia ocasional, começa a querer passar cada vez mais tempo a seu lado. Quando os dois trocam o primeiro beijo, ele não entende como nunca pôde ver o que sempre esteve bem à sua frente. No entanto, quando fica sabendo que ela guarda um segredo ainda maior que o seu, precisa decidir se Penelope é sua maior ameaça ou a promessa de um final feliz. Em Os segredos de Colin Bridgerton, quarto livro da série Os Bridgertons, que já vendeu mais de 3,5 milhões de exemplares, Julia Quinn constrói uma linda história que prova que de uma longa amizade pode nascer o amor mais profundo.



Para Sir Phillip, com amor

Eloise Bridgerton é uma jovem simpática e extrovertida, cuja forma preferida de comunicação sempre foram as cartas, nas quais sua personalidade se torna ainda mais cativante. Quando uma prima distante morre, ela decide escrever para o viúvo e oferecer as condolências. Ao ser surpreendido por um gesto tão amável vindo de uma desconhecida, Sir Phillip resolve retribuir a atenção e responder. Assim, os dois começam uma instigante troca de correspondências. Ele logo descobre que Eloise, além de uma solteirona que nunca encontrou o par perfeito, é uma confidente de rara inteligência. E ela fica sabendo que Sir Phillip é um cavalheiro honrado que quer encontrar uma esposa para ajudá-lo na criação de seus dois filhos órfãos. Após alguns meses, uma das cartas traz uma proposta peculiar: o que Eloise acharia de passar uma temporada com Sir Phillip para os dois se conhecerem melhor e, caso se deem bem, pensarem em se casar? Ela aceita o convite, mas em pouco tempo eles se dão conta de que, ao vivo, não são bem como imaginaram. Ela é voluntariosa e não para de falar, e ele é temperamental e rude, com um comportamento bem diferente dos homens da alta sociedade londrina. Apesar disso, nos raros momentos em que Eloise fecha a boca, Phillip só pensa em beijá-la. E cada vez que ele sorri, o resto do mundo desaparece e ela só quer se jogar em seus braços. Agora os dois precisam descobrir se, mesmo com todas as suas imperfeições, foram feitos um para o outro.



O conde enfeitiçado


Na vida de cada um existe um momento crucial. Um momento tão tremendo, afiado e de tirar o fôlego, que sabemos que a vida jamais será a mesma. Para Michael Stirling, o mais infame de Londres, o momento surgiu quando ele colocou os olhos pela primeira vez em Francesca Bridgerton.
Após uma vida de perseguir mulheres, sorrir maliciosamente e enquanto elas o caçavam, de permitir ser pego, mas nunca o seu coração, quando viu Francesca, ele se apaixonou perdidamente e tão profundamente que ele ficou surpreso de permanecer de pé. Infelizmente para Michael, no entanto, o sobrenome de Francesca permaneceria uma Bridgerton por apenas mais 36 horas - a ocasião do encontro deles foi um almoço de comemoração pelo eminente casamento dela com seu primo-. Mas isso foi antes... Agora ele era o conde e Francesca estava livre, mas ela ainda pensa nele como o querido amigo e confidente. Michael não se atreve a falar dos seus sentimentos, até uma perigosa noite, quando ela vai inocentemente para os seus braços e a paixão se prova o mais forte e o mais encantador dos feitiços.



Tradução da sinopse se Um Beijo Inesquecível e A Caminho do Altar em breve.


Encontrei um desenho tão fofo da Kate e do Anthony e eu tenho que postar aqui, então, lá vai!  


Kate protegendo Anthony de uma abelha com o taco da morte.  






Fontes:
http://www.editoraarqueiro.com.br/livros/busca/49

http://skoob.com.br/

http://www.book-addict.com/2014/09/resenha-os-segredos-de-colin-bridgerton-de-julia-quinn.html


15 comentários:

Ádila Marcele disse...

Adorei !! To chorosa de emoção com essa arvore genecológica dos Bridgerton !! To de cara com Gregory que teve nada menos que nove filhos, N-O-V-E e ainda deu o nome de todos seus irmãos antes dele !!! Maravilhoso kkkkkkkk. Que lindo, sou apaixonada pelos livros e a espera dos novos lançamentos, o meu preferido até agora é O visconde que me amava , porque eu acho hilário Anthony Bridgerton ;D
Beijoss,
Fica com Deus flor :*

Anônimo disse...

Assim que lii o primeiro me apaixonei perdidamente pela série só não consigo encontrar os três ultimos livros, já foram lançados aqui no Brasil?

Rayanne Aguuar disse...

Ja li a serie completa, amo muuuitooo muuuitooo!!! A ordem de luvros que gostei foi... Francesca, Benedict, Anthony, Colin, Gregory, Daphne, Hyacinth e Eloise. Essa foi a ordem, mas amo todos, mas sempre temos o nosso preferifo ne rs penas que acabou �� o 6/7/8 baixei em pdf na internet pq nao aguentava de ansiedade rs recomendo mto e amo muito!!!

Anônimo disse...

Alguém sabe um site para baixar os livros da serie ?
Por favor...

tita disse...

Pocha eu li o livro o conde enfeitiçado ,a eloise aparece solteira como isso?

Karina Montinegro disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Karina Montinegro disse...

Aonde você baixou o 7??
E
Li a amostra grátis mas não consigo baixar.

Karina Montinegro disse...

Se alguém já conseguiu baixar "Um beijo inesquecível" por favor, me passem o site. Obrigada!!

Raquel Sousa disse...

Meninas, por favor!!!! Se alguém já baixou o livro 8 do Gregory me mande por email. Tenho os 7 primeiros físicos, mas ñ consigo esperar ora terminar a série. (raquelsousa110@gmail.com). Obrigada

Raquel Sousa disse...

Meninas, por favor!!!! Se alguém já baixou o livro 8 do Gregory me mande por email. Tenho os 7 primeiros físicos, mas ñ consigo esperar ora terminar a série. (raquelsousa110@gmail.com). Obrigada

EDNA BRAGA Edna disse...

OI ser que alguem sabe onde posso baixar o livro 7 da serie, nao consigo baixar o 7 do mesmo site esta dando erro, posso enviar o livro 8 se precisarem meu email eh ednabragak@hotmail.com.... Obrigada..... Edna Braga

Chayenne Pereira disse...

Gente alguel me manda o livro 8 e 9 por favor... Não acho eles pra baixar em lugar nenhum. Meu email é Chayenne.pv@gmail.com

Tenho todos de 1 ao 7 se alguem quiser.

Chayenne Pereira disse...

Gente alguel me manda o livro 8 e 9 por favor... Não acho eles pra baixar em lugar nenhum. Meu email é Chayenne.pv@gmail.com

Tenho todos de 1 ao 7 se alguem quiser.

Gilzia disse...

Por gentileza se alguém tem o livro 8 e 9 me envie. Gilziaa@gmail.com desde já agradeço...bjo

Gilzia disse...

Por gentileza se alguém tem o livro 8 e 9 me envie. Gilziaa@gmail.com desde já agradeço...bjo